Miguel Thiré -Padrinho do 4º Treino Solidário

Miguel Thiré é o padrinho do 4º Treino Solidário Corridas & Companhia. O actor brasileiro conta-nos como Portugal o conquistou – a ponto de vir de bagagens! Homem de mil desportos, além da corrida, é a escalada que o faz feliz. Para conhecerem melhor, fica a entrevista!

Corridas & Companhia – Antes de mais, conta-nos, como correu a adaptação a Lisboa, a Portugal?

Miguel Thiré – Apaixonante. Eu e a minha mulher Carol ficamos vivendo em Lisboa no período de gravação de “A Impostora” e nos encantámos com a cidade e com o país. Tanto que estamos de volta agora, e para ficar.

C&C – “A Impostora” tem sido um projecto desafiante?

MT – A novela foi gravada toda antes, no ano de 2016. Sim, foi um enorme prazer contracenar com os portugueses. Já havia trabalhado com “Patrícios” – inclusive em uma produção Luso Brasileira na RTP chamada “Paixões Proibidas”. Fazer um Brasileiro /Italiano nesse núcleo cómico foi muito divertido. Espero que o público esteja a gostar.

C&C – O desporto é uma parte importante do teu quotidiano?

MT – Sim. Nunca muito formalmente, mas sempre estou praticando algo. O ciclismo é o mais fiel. Nos últimos três anos tenho me dedicado a natação. Mas já fui do ténis, da corrida, da capoeira… Preciso manter o corpo em actividade senão fico inquieto.

C&C – Como vieste parar às corridas?

MT – Nem me recordo. Sempre morei perto da Lagos Rodrigo de Freitas no Rio de Janeiro. Um convite a correr pelos seus 7,5km. Eu e a corrida somos amigos esporádicos. Tenho minhas fases. Já fui mais assíduo do que agora.

C&CQue desportos já fizeste/ fazes actualmente? E qual te dá mais gosto?

MTUm dos que mais tenho prazer é escalada.

C&CQue conselhos podes dar a quem está a pensar começar um desporto?

MTQue não tenha a ansiedade de ver resultados. Que pratique com assiduidade e paciência.

C&CQuais os próximos desafios, a nível de desporto e profissionais – já podes revelar? Portugal mantém-se no teu mapa?

MTO próximo desafio é Portugal. Chegamos agora para ficar. Estou trazendo um solo de teatro que faço no Rio há alguns anos, e querendo outros trabalhos. E claro, aproveitar o que Lisboa tem de melhor na prática de “esportes” (é assim que chamamos desporto- sorriso).

C&CNo próximo treino solidário, quem gostarias de ver correr ao teu lado? É só desafiar.

MTMinha Mulher Carol! (risos). Ela já foi super da corrida, e esta voltando agora. Quero vê-lá suar. (risos)

C&CTendo em conta que este é um treino solidário, e que os bens recolhidos serão doados, que instituição go​starias de sugerir?

MTIsto é com Pedro Barbeitos!

 

Anúncios