Evandro Gomes – Padrinho do 3º Treino Solidário

Evandro Gomes, companheiro de corridas, é um dos padrinhos do 3º Treino Solidário Corridas & Companhia. Além de colega de profissão, o actor Evandro Gomes aceitou o desafio de se juntar a nós, aproveitem agora para o conhecer um bocadinho melhor.

Corridas&Companhia – Para quem anda distraído e não te conhece, fala-nos um bocadinho sobre ti. Além de seres o Lázaro, em A Impostora (TVI), o que andas a fazer?

Evandro Gomes – Ora, para além de ser o Lázaro em “A Impostora”, entre trabalhos de representação, eu estudo Economia, no ISCTE. Tenho 23 anos, nasci e cresci na Guiné-Bissau e vim viver para Lisboa há menos de 8 anos, exatamente para ter uma melhor formação académica.

C&CO desporto sempre foi uma paixão? Que papel tem o exercício e o desporto na tua vida?

EV – Desde que eu me lembro, sempre fui fanático por desporto e exercício físico. Sempre tive essa necessidade de testar-me ao limite. Nos últimos cinco anos, desde que entrei no universo da representação e da moda, a prática de exercício físico tem sido ainda mais crucial, pois aliada à saúde e bem-estar, vem também a questão estética.

C&C – Que desportos já fizeste ou fazes actualmente?

EV – Como disse, sempre fui fascinado por desporto e já fiz de tudo um pouco. Futebol, futsal, andebol… Experimentei natação e judo em miúdo. Já joguei campeonatos de basquetebol na Guiné-Bissau. Fui federado em voleibol, nas camadas de formação do Benfica durante três anos. Hoje em dia, jogo voleibol no campeonato do Inatel, faço ginásio, pratico kickboxing e já experimentei jiu jitsu brasileiro há cerca de um ano.

C&CComo vieste parar (como quem diz) às corridas?

EV – Comecei a correr há menos de um ano. Em Junho/Julho do ano passado, com uns amigos do ginásio. Desde então ganhei-lhe o gosto e tenho vindo a testar-me cada vez mais e a experimentar sítios e grupos diferentes.

C&C – Como é que te preparas para uma corrida?

EV – Não tenho nenhum ritual particular, nem nada supersticioso. Levo apenas a minha força de vontade e a “ganância” de cumprir mais um objetivo. A nível físico, tento apenas não fazer grandes esforços no dia anterior.

C&CQue conselhos podes dar a quem está a pensar começar um desporto?

EV – É importante escolher bem com quem vamos aprender e saber ouvir. Afinal eles são melhores por algum motivo. Temos de ter essa vontade de aprender e de nos superarmos. De resto, desde que se divirtam, está tudo bem.

C&CQuais os próximos desafios, a nível de desporto e profissionais – já podes revelar?

EV – A nível profissional, não posso revelar muito, mas posso adiantar que tenho feito castings interessantes e avizinham-se coisas boas. A nível de desporto, estou a planear um projeto algo semelhante aos Treinos Solidários do Corridas&Companhia, e deve começar no final de Abril ou início de Maio. Ainda falta limar arestas.

C&CNo próximo treino solidário, quem gostarias de ver correr ao teu lado? É só desafiar.

EV – Bem… Acho que gostaria de desafiar o Diogo Amaral! Tenho acompanhado as suas “publicações desportivas” nas redes sociais e gostava de poder treinar com ele um dia destes.

C&CTendo em conta que este é um treino solidário, e que os bens recolhidos serão doados, que instituição go​starias de sugerir?

EV – Gostaria de sugerir a “Associação Adeptos dos Sonhos”.

Imagem de autoria de Maria Vasconcelos.

 

Anúncios