Ericeira Trail Run 2015

O pré-prova da minha participação na II edição do Ericeira Trail Run no dia  19 de Dezembro quase que dava uma boa comédia.

A organização da prova facilitava aos participantes a alternativa de levantamento dos dorsal dois e kits de participação na loja Pro Runner no Parque das Nações. Sendo aqui mesmo ao lado, claro  que aproveitei e dirigi-me à loja no início da semana.

Round 1

Tudo ok até à procura do dorsal. O 556 no meio de tantos outros teimava em não aparecer. E não apareceu! O meu juntar-se-ia a outros que por lapso não tinham sido enviados.

Ficaram com o meu contacto e entre pedidos de desculpa, informaram-me que me ligariam quando chegasse o dorsal à loja.
Round 2

Passados três dias e sem contacto da loja, lá fui eu outra vez. Ao que parece deveria ter recebido um email a informar que seria enviado por correio. Lá voltei para casa.

Round 3

Caixa de correio vazia e via telefone fui informado que poderia levantar no dia da prova.

Round 4 – a grande final

7h55, largo de Santa Marta, Ericeira.

À procura do fugitivo 556. Primeira tentativa falhada porque o dorsal estava guardado com a senhora do lado.

“Ah, eu já ouvi o seu nome, espere um bocadinho”.

Número 111…236…585… ” Ora bolas, aqui também não está.”

Mas será que foi a correr sem mim, pensei eu. E comecei a rir com toda esta epopeia.

“Ah, eu já sabia que tinha ouvido o seu nome, já o tinha colocado de parte.”

Finalmente conseguimos capturar o 556!

Como não tinha olhado muito para o traçado do percurso, estive atento ao briefing antes do arranque.

20+

” Os primeiros atletas devem chegar antes das duas horas.” Óptimo! Bastante rolante e mesmo a tempo para um banho antes do almoço entre amigos.

Cerca de 600 atletas segundo a organização arrancaram para sair da vila e entrar na fase das dunas junto ao mar.

12369182_1248213398604176_5217411554363435452_n

Os primeiros 7 kms de percurso com vista de encher o olho (e a alma) e muito rolante. Diria mesmo que esta foi a parte mais bonita de todo o traçado. Um percurso com muito desces e poucos sobes e muita estrada entre casas.

Segundo as conversas de balneário, o percurso da 1ª edição era mais interessante.Fica a indicação para a 3ª edição.

A sinalização não levantava dúvidas e o apoio de toda a organização ao longo da prova fez com que tudo corresse da melhor forma.

Apesar da novela do dorsal que foi sempre encarada com a maior atenção por parte da Pro Runner e da organização será certamente uma prova a regressar para o ano.

2:04:38, 173º lugar da geral de 541 atletas que terminaram a prova.

Resumo:

Pontos positivos | + voluntários/equipa + kit prova (sou fã de uma boa medalha e t-shirt de qualidade e original)

Pontos negativos | – percurso (menos estrada)

 

Boas provas em COMPANHIA!

 

Apoios Corridas & Companhia 2016

Physiokinesis Clínica Fisioterapia   |   Bemnutrir

 

 

* Fotos Runners Dream MomentsPaulo César Borges, MBM Run & Foto Team

 

 

 

Anúncios