Água? Water? Wasser? Acqua? Eau? Que quantidade devo beber durante os treinos ou provas?

A cada prova que faço tento melhorar a gestão da alimentação e hidratação adequada ao percurso e condições encontradas.

Antes de começar a escrever fui dar uma vista de olhos no primeiro artigo deste blog, precisamente sobre este tema. Revelador de inexperiência e muitas dúvidas.

Agora com alguns kms a mais nas pernas, tento não cometer os mesmos erros, principalmente em provas longas. No  MIUT quis ir mais leve e apenas levei dois bidons de 500 ml que geria entre abastecimentos. Acho que não foi a decisão acertada, ainda por cima levava mochila, bastava colocar o reservatório de 2 l vazio e em caso de necessidade usava. Na subida do Curral da Freiras até ao Pico Ruivo acho que fez muita falta, tendo eu de me valer dos suplementos e reservas alimentares para ganhar uma energia extra e não desidratar totalmente com o calor que apertava aquela hora.

bastava ter levado isto e não haveria problemas…

Isto levou-me a investigar como calcular aproximadamente a quantidade de água que devo ingerir durante um treino ou prova.

O objetivo principal de um atleta é repor líquidos durante a corrida no mesmo nível da perda pela transpiração ecom a hidratação apropriada, evitar ganhar peso ao longo da prova.

Isto pode ser calculado com a pesagem antes e depois do treino. Há uma fórmula simples que pode ser seguida para calcular essa taxa. Isso implica um treino normal, de preferência de uma hora, para calcularmos a taxa por hora.

Material necessário
Roupa de treino
Balança
Calculadora ou lápis e papel.

Primeiro há que urinar antes de ir treinar, assim como saber exactamente a quantidade de líquido que vai levar e ingerir durante o treino. Depois basta uma balança precisa e uma máquina de calcular. Para se pesar deverá estar completamente nu, antes e depois do treino, livrando-se de qualquer roupa transpirada. Poderá ainda passar uma toalha pelo corpo para tirar o suor ainda presente no final do treino. Depois é só seguir a fórmula.

A — Peso Antes do Exercício
B – Peso Depois do Exercício
C — Diferença em gramas (A – B)
D – Volume de líquidos consumidos, em ml
E – Suor perdido (C + D)
F — Tempo de Treino (1 hr ou fracção. Exemplo: 40 minutos = 0,66 hr)
G – Taxa de Transpiração =  E / F
Exemplo:
A — 80 kgs
B – 79,7 kgs
C — 300 gramas
D —  200 ml
E —  500
F – 1
G — 500
Com exemplo, a taxa de transpiração é de 500 ml/h, sendo assim esta a quantidade de líquido a ingerir por hora de exercício.

Estamos a chegar ao tempo quente e convém ter a noção que esta taxa varia consoante as condições climatéricas.

Eu vou experimentar e depois partilharei convosco.

Bons testes suados em COMPANHIA
Anúncios