2014 | uma aventura de 365 dias

Foto2014

2014 já terminou…

Que ano, que viagem, na verdade um percurso cheio de surpresas. Para quem me acompanha nos últimos tempos (re) descobri a corrida há dois anos, com o objectivo de melhorar a condição física. Comecei a realizar provas de estradas, começando pelos 10 kms e em pouco tempo já tinha chegado aos 42 kms.

Para este ano tinha traçado a Maratona de Milão, Maratona do Porto e a Maratona de Paris para o início de 2015. Mas uma lesão em Janeiro começou a mudar o rumo dos planos. Conheci o João Ribeiro que me tratou a lesão e aceitou o desafio de delinear o meu plano de treinos, elevando a minha condição física a outro nível. E ao terminar a minha segunda maratona de estrada em Milão em Abril, senti que era capaz de mais. E queria mais!

Sem estar nos planos em Junho fiz os 42 kms da Lisbon Eco Marathon em Junho e a forma como via a corrida começou a ganhar outra forma.

A monotonia da estrada em contraste com a incerteza do trail… Como gosto de me deixar levar pela vida, cruzei-me com o Arrábida Ultra Trail por acaso e a hipótese de ganhar uma inscrição para mais uma prova de trail.

Só tinha de correr 5 km em menos de 30 minutos e podia escolher entre as provas promovidas, 23 ou 80 kms. O desafio era fácil e escolher a prova dos 23 kms também seria fácil demais. E foi assim que comecei a minha aventura ultra.

Mudança total de planos que me fez enveredar pelo o universo do trail e das distâncias ultra. E em poucos meses conheci grandes atletas como o Armando Teixeira, Carlos Sá e João Colaço, passei pelas serras da Lousã, Gerês e Estrela e por provas como Grande Trail da Serra d’Arga e o Trail da Serra da Lousã.

Conheci pessoas maravilhosas, apaixonei-me pelas montanhas.

fotografia

A estrada ficou para trás, o grande Diogo, “substituiu-me” na Maratona do Porto, onde fez um tempo fantástico de 3h30m. Paris também vai ficar fora dos planos 2015, vamos ver quem vai por mim.

Foram cerca de 2200 kms feitos em 2014, mais de metade feitos só para o objectivo ultra nos últimos 4 meses.

Nada como seguir em frente e acreditar que tudo é possível, só depende da nossa vontade!

2015 terá muito desnível acumulado certamente.

Boas corridas em COMPANHIA !

* Foto Pedro Barbeitos

Anúncios