Diário de um maratonista 19/23

Primeira semana dos míticos 32 kms!

Depois do pequeno desvio na rotina do fim de semana passado, o corpo reclamava por mais descanso.

Imagem

A marina, tantas vezes a casa da partida

Esta foi das semanas mais duras até agora. Treinos intensos a culminar com o longão. Como se não bastasse profissionalmente a mais puxada, quase a estrear novo espectáculo.

O treino intervalado também começa a ter resultados na recuperação. Depois de cada série chego a recuperar abaixo do 120 BPM em menos de 30 segundos. E sinto-me um verdadeiro Carl Lewis, grande ídolo de infância dos anos 80, com a velocidade que chego a atingir nas séries de 45”.

ImagemCarl Lewis, uma lenda

Uma referência do atletismo, que me entusiasmava nos corta-matos escolares e nas corridas de velocidade feitas na escola. Apesar de correr de forma mais regular apenas há 2 anos, o gosto pela corrida e pelo desporto em geral, já vem de muito novo. Lembro-me de participar em provas entre escolas do concelho e ter um hino motivacional durante as corridas. Com os encontros trintões entre amigos já contei este episódio várias vezes e tantas gargalhadas proporcionou. No final dos anos 80 passava um anúncio televisivo da marca Gillete, em que mostrava homens super motivados a correm como verdadeiros atletas. O jingle que alimentava estas imagens dizia algo do género, “…queres vencer…nós vamos ajudar… em competição, tu és o campeão…” e eu entoava isto sempre que precisava de um boost para ultrapassar adversários. Entoava, é um modéstia minha, porque eu cantava em alta voz toda a música. Já adolescente e com passe social na mão, tinha por hábito correr sempre entre o percurso de casa-paragem e vice-versa. Estivesse contente ou triste dos encontros com amigos e namorada, a corridinha era presença constante.

Por estas e tantas outras histórias que me vou lembrando, cada vez mais acho que a corrida sempre esteve na minha vida.

A cenoura desta semana era sem dúvida os 32 kms de Domingo, todos os dias o foco estava aí. A preparação, a motivação, o percurso.

Quanto ao primeiro ponto, bastava cumprir o que estava programado sem asneiras no descanso e alimentação. O percurso, optei por seguir o mesmo que escolhi o ano passado. A partida seria feita da Marina do Parque das Nações em direção a Belém, até à Fundação Champalimaud e voltar. A motivação durante 3 horas de percurso é algo que não me assusta, habituado a correr sem música, procuro alento, focando-me no ritmo, na paisagem e estabelecendo pequenos objectivos mentais ao longo do percurso. Apesar de gostar de COMPANHIA, estou habituado a enfrentar estes desafios sozinhos e mais uma vez isso aconteceu.

Quanto à alimentação testei mais um plano para o durante, que ainda precisa de ser afinado, quanto à marca do gel escolhido e não só.

Parti sozinho mas durante todo o percurso encontrei vários amigos que se preparavam para a Meia Maratona de Lisboa. Tudo corria bem, até ao Km 27, sem dores, achei que devia parar e resolver o excesso de liquídos. Ao retomar a minha perna direita prendeu e tive dores fortes, tal nunca me tinha acontecido. Não conseguia dobrar a perna e andava com alguma dificuldade. Ainda tentei massajar e alongar para ver se conseguia terminar os 5 kms que faltavam, mas era impossível. Optei por me arrastar durante mais 1,5 km até a casa.  Gelo na perna e uns minutos depois já a perna dobrava e apenas estava dorida. Muito descanso e muitos litros de água depois e já no final da tarde era como se nada tivesse acontecido.

Imagem

pernas para que te quero

Visita ao mecânico marcada para umas amolgadelas no chassi.

E foi assim esta semana :

Segunda-feira

2 circuitos core + 2 circuito flexibilidade + rolo

Terça-feira

8 Km ( contínuo intensivo- abaixo dos 5’00) +  6 séries 45′ (intervalado a 90%) + rolo

Quarta-feira

10 Km ( contínuo extensivo abaixo 5’30”) + 1500 metros rolamento natação+ 1 circuito core + 1 circuito flexibilidade + rolo

Quinta-feira

8 Km (variado 3 min 5’00” e 3 min. 5’40”) + 2 circuitos flexibilidade+ rolo

Sexta-feira

10 Km ( contínuo extensivo abaixo 5’40”) + 2 circuito flexibilidade + rolo

Sábado

 2000 m natação rolamento ( bruços e crol) + 2 circuitos core + 2 circuitos flexibilidade + rolo

Domingo

27 Km ( contínuo 5’40”-6’00”) +  rolo

Boas corridas e boas recuperações em COMPANHIA !

*fotos Pedro Barbeitos e http://www.sporting-heroes.net

Anúncios