Treinar com chuva ? Porque não? Dicas…

Correr com chuva.

Eu sou um adepto de correr em todas as estações. Tenho uma preferência pelo Inverno, o frio, a chuva, o vento, tornam cada treino um desafio diferente.

Na rotina diária de treino, não tenho por hábito verificar as condições climatéricas antecipadamente. No passado fazia isso e programava quase ao minuto o momento do treino para evitar a chuva. Tanta chuva apanhei que segui o lema, se não o consegues mudar, junta-te a ele.

A COMPANHIA que me segue nos treinos nem sempre é da mesma opinião e e surgem logo muitas questões.

Será que vale realmente a pena correr com chuva? Será que meu treino será proveitoso?

Ficam aqui algumas dicas bastante utéis.
1.Um bom aquecimento faz-se preparando a musculatura para enfrentar as exigências do treino, e o arrefecimento rápido do corpo proporcionado pela associação da chuva e do vento frio, principalmente em situações de inverno.
2.Alimentação adequada! Um organismo com deficiências nutricionais e energéticas pode estar suscetível a uma queda da capacidade imunológica, podendo ocasionar processos infecciosos como gripes e constipações.
3.O uso de roupas especializadas, como “gore-tex”, evitam que se molhe o corpo, mantendo o calor corporal nos casos de clima frio e com chuva.
4.A utilização de meias apropriadas que evitam o aparecimento de bolhas, bem como de produtos que aumentem a lubrificação da pele em locais de maior atrito corporal.
5.A colocação de jornal nas partes internas dos tênis, logo a seguir ao treino, facilitando a absorção da água e promovendo uma secagem mais rápida.
6.Depois do treino trocar as roupas molhadas, de forma a agasalhar-se de imediato.Comete-se frequentemente o erro de ficar exposto ao vento.
Boas corridas de Inverno em COMPANHIA!

 

 

* foto Pedro Barbeitos

Anúncios