Foam Rolling ou rolamentos com tubos de espuma

Como relatei em posts anteriores, comecei a usar esta metodologia na minha recuperação muscular e acho que veio para ficar. Os resultados parecem-me expressivos apenas uma semana de exercícios.

Os movimentos realizados com esta técnica servem como exercícios de auto libertação miofascial.

A fáscia é composta pelo “tecido conectivo que liga, envolve e protege todas as partes do nosso corpo, desde as células e as artérias, aos músculos, ossos, orgãos, etc. Tudo está envolvido pela fáscia”[1].

Sob tensão, poderá chegar a exercer uma pressão de cerca de 140kg/cm2, chegando mesmo a afectar orgãos, nervos e  provocando dores na zona afectada.

A fáscia possui uma característica conhecida como “memória”, ou seja, mesmo que se relaxe esses músculos, através de várias técnicas como, por exemplo, as massagens, ao fim de pouco tempo, a fáscia retoma a tensão que tinha anteriormente. Esta tensão, no caso da fáscia muscular, poderá provocar alguns problemas como escolioses, lordoses, problemas cervicais, entre outros.

Esta técnica permite alterar a estrutura elastina-colagénio que compõe a fáscia, destruindo, assim, a “memória” desta, acabando por resolver o problema de forma definitiva, devolvendo os padrões normais destas estruturas.

Os rolos de espumas estão à venda em várias lojas de desporto e também online. Por cá encontrei na Decathlon. Atenção que existem vários tamanhos e graus de dureza da espuma.

Deixo-vos aqui um link do youtube com alguns exercícios base para corredores:

Têm ainda uma app muito completa para iphone e android a FOAM ROLLER TECHNIQUES.

Boas recuperações em COMPANHIA!

Referências:

[1] Libertação miofascial – http://sacrocraniana.no.sapo.pt/fascia.html#axzz2qeFRJ300

* foto Pedro barbeitos

Anúncios