Diário de um maratonista 1/23

Diário de um maratonista 1/23

Primeira semana de treinos!
Depois de várias pesquisas e conversas com corredores, desportistas em geral, consegui terminar o que me vai guiar durante as próximas 23 semanas.
Com a ajuda preciosa da minha amiga Catarina André, tenho um plano de treinos complementado com TRX e natação.
Na Rock n’ Roll Madrid Maratón 2013, os meus primeiros 42 K, o objectivo era terminar a prova sempre a correr. Nas 16 semanas que guiaram este objectivo apenas treinei num ritmo confortável, sem grandes exigências.
4h52m foi o resultado desta minha primeira experiência.
A meta tem sido superar a anterior e melhorar cada vez mais.
O plano tornou-se mais exigente e ambicioso.
Nesta primeira semana, 5 treinos de corrida:

5 Kms RL
6 Kms RL
5 Kms RL
8 Kms RL
16 Kms

4 treinos durante a semana, com folga no ínicio e fim e um treino longo ao Domingo.
Durante a semana, dois treinos de TRX de força, resistência e cardio. E ainda 2 treinos de natação, um de rolamento e outro de séries.
Como qualquer criança com um brinquedo novo, a super motivação nas primeiras semanas é evidente!
Processos diferentes de trabalhar o corpo para a corrida, tornam-se emocionantes com resultados expressivos em apenas 7 dias.
Apesar de dorido, sinto-me um pouco mais forte, revelação feita numa subida de quase 2 Kms a uma média 4’54” e um resultado final do treino de 8 K, com uma média de 4’50”.
Esta semana contei com a Companhia do João e do Alberto no treino longo de Domingo. Depois de descobrir os benifícios de um treino em grupo, tento nunca abdicar de um semanal.
A motivação mútua é fantástica e as amizades que se criam ainda mais.
Espero Companhia pelo menos ao Domingos.
Para terminar falo um pouco da minha alimentação e relação com peso.
Antes demais conto emagrecer ao longo deste treino e ganhar massa muscular. Quando comecei a correr em Agosto de 2012, pesava 90 kilos!
Esta semana pesei-me e registo 81 kgs, IMC 25,9 e indice de gordura 11,9 %.
Acredito que esta fasquia vai baixar ao longo destes meses intensivos de treino.
Sigo uma alimentação equilibrada, cerca de dois litros de água/dia e o único suplemento que uso após treinos/dias mais puxados é um batido proteíco para repôr as energias.
Imagens do meu spot habitual, Parque das Nações.
Boas corridas.

Anúncios